Ballet "A Canção da Floresta"

E aí  pessoal, tudo bem com vocês?
Por aqui é sempre uma alegria, pois todas as semanas estou aqui para compartilhar os vídeos mais incríveis e todas as curiosidades desse universo que tanto amamos!!! E começo a postagem de hoje respondendo um e-mail que recebi há algumas semanas, da direção do "Ballet Flor de Menina". A pergunta que me fizeram foi a seguinte:

"Juli, sou um leitor assíduo do seu blog e tenho uma dúvida...
Como se dá o processo de criação de um repertório? Quais regras (e se há regras) devem ser seguidas para que tal composição coreográfica possa ser denominada como um possível Repertório?"

Eu já recebi várias perguntas semelhantes via e-mail, e acho interessante trazer a público essa informação.
A primeira coisa a saber é que a palavra "Repertório" tem um significado bastante amplo. Nas artes, repertório pode ser um conjunto de obras interpretados por uma companhia teatral, de ballet, de ópera, etc, e independe da época em que as mesmas foram produzidas. Por exemplo: A São Paulo Companhia de Dança tem em seu repertório obras que vão do clássico, como A Sílfide e o pas de deux de Don Quixote, ao contemporâneo, como Por Vos Muero (de Nacho Duato) e Petit Mort (de Jiri Kylian). Todo esse conjunto forma um repertório.
Mas e "Ballet de Repertório"? Coreograficamente e musicalmente, acredito que não existam regras para a criação de uma peça desse tipo, visto que elas datam das mais diferentes épocas: Giselle é de 1841, Raymonda de 1898 e Cinderella de 1945. A primeira é do Romantismo, a segunda do Classicismo e a terceira do Neoclassicismo. No entanto, o que faz com que elas sejam consideradas "Ballets de Repertório"?
Em todas há a presença de uma narrativa, com personagens e um contexto. Esse elemento já é meio caminho andado para a criação de um "Ballet de Repertório", mas só isso não basta! Para receber tal denominação, ela precisa estar viva, ser sempre lembrada, remontada, encenada por várias companhias ao redor do mundo e gerar o interesse do público, não importa quanto tempo passe.
O Conto de Inverno, por exemplo, foi estreado esse ano pelo Royal Ballet, e apesar de ter um enredo incrível, nós só saberemos se ele se tornará ou não um "Ballet de Repertório" mais para frente...

E já que o assunto é peças narrativas, vamos ao último vídeo da série "Kiev Ballet", este sendo uma contribuição do leitor Bruno Alves, de Belo Horizonte. A peça de hoje pode até ser desconhecida por grande parte das pessoas, mas ela é com toda certeza um "Ballet de Repertório", pois nunca deixou de ser encenada e permanece viva no repertório dessa companhia: A Canção da Floresta, composição do ucraniano Mikhail Skoruljsky, baseada na peça homônima de Lesya Ukrainka. Não conheço sua história a fundo, mas sei que é permeada por seres míticos, como Ninfas, Sereias, Duendes... Eu encontrei um pdf da peça original, traduzida para o inglês, que vocês podem conferir aqui.
Infelizmente, no vídeo conseguido pelo Bruno falta a música de introdução da peça, e por conta disso, não sei o elenco que a interpreta. Mas, coreograficamente, ela está completa e eu não podia deixar de compartilha-la com vocês... Dando uma procurada, eu consegui achar o vídeo da parte que falta, na montagem dos ano de 1990, que foi lançada em LD.


E com vocês, A Canção da Floresta!
A Canção da Floresta
Companhia: The Kiev Ballet/Ukraine Opera Ballet
Ano: 2010
Links:

https://1drv.ms/f/s!Ar6VXXHgq-SqnHwR1Vv0eP4A0pjl

Formato do Vídeo: .mp4

Aplicativos Úteis: Clique Aqui!

E fiquem ligados, pois as novidades não param nunca!
Até....

Comentários

  1. Está dizendo que o link para o arquivo não é válido :/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Melissa!
      Bom, como vinha noticiando a algum tempo, eu tive alguns problemas com o 4shared e por isso optei por mudar o servidor. Agora estou usando o Mega, porém a minha internet deu problemas na mesma época e por eu ter me mudado de casa recentemente, ainda não consegui colocar as coisas do blog em ordem. Mas, assim que possível, farei. Só para você ter uma ideia, há 352 vídeos postados até o momento e já consegui fazer a mudança de 117 para o Mega.
      Espero que compreenda e tenha um pouco de paciência, logo as coisas voltarão ao normal...

      Grande beijo!

      Excluir
    2. Claro que tenho paciência, só estava avisando mesmo porque estou louca pra assistir este ballet ahaha :P Tomara que dê tudo certo logo! bjãooo

      Excluir

Postar um comentário