terça-feira, 3 de dezembro de 2013

O Primeiro Repertório a Gente Nunca Esquece...

Todos aqui sabem que tenho um amor muito grande por "O Quebra-Nozes". Foi por causa dessa peça que eu me apaixonei pelo ballet, e quando soube que esse seria o primeiro repertório que eu dançaria, eu não poderia ter ficado mais feliz! Agora se para uma única bailarina já é uma imensa alegria poder dançar o primeiro ballet de repertório, imaginem para uma companhia inteira!
Pois foi esse sentimento que pudemos apreciar durante duas semanas no palco do Teatro Sérgio Cardoso, onde a São Paulo Companhia de Dança nos presenteou com a montagem completa de Romeu e Julieta.
Eu lembro que quando vi a primeira vez sobre essa produção, logo no começo do ano, eu fiquei super entusiasmada e muito curiosa, pois seria uma coreografia inédita, criada  especialmente para a companhia pelo italiano Giovanni di Palma.
Eu e minha prima no 2º andar do Teatro
Ao fundo direito, Yoshi Suzuki como Pedro em "Romeu e Julieta"

Essa linda e trágica história de amor, criada por Shakespeare entre os anos de 1595 e 1596, já teve diversas montagens com partituras bem diferentes, entre as quais posso citar as de Charles Gounod, Hector Berlioz (também conhecida como Sinfonia Dramática, Op. 17) e Tchaikovsky. Porém nenhuma dessas obteve tanto sucesso como ballet quanto a versão de Sergei Prokofiev, lançada em meados dos anos de 1930, e também não é pra menos... Sua música é uma chave de acesso que nos permite sentir com perfeição todas as emoções contidas na peça: a pureza do amor de Romeu e Julieta, a força contida no tema do baile na casa dos Capuletos, o drama e o sofrimento pelas várias perdas que vão se desenrolando ao longo da história. Nem mesmo as edições feitas pelo coreógrafo para que a peça tivesse cerca de 1 hora e meia (2 atos e 10 cenas) não atrapalhou em nada a essência da obra. Resumindo: Romeu e Julieta sem Prokofiev definitivamente não é Romeu e Julieta!
Mais um lindo pôster de "Romeu e Julieta"

Quando as cortinas se abriram eu fiquei arrepiada! O som de espadas caindo logo no começo já prenunciava o clima de tensão que viria mais adiante... Assim que o palco se iluminou eu tive a impressão de estar diante de um quadro gigante, tamanha era a beleza do que se revelava. Cenários claros remontando a Verona do século XV no auge do verão, figurinos lindíssimos, sendo cinco só para Julieta! 
Di Palma fez um excelente trabalho coreográfico, estruturando a base da obra no estilo Neoclássico, que ao meu ver tem tudo a ver com Romeu e Julieta. E ele me surpreendeu ao colocar a Ama de Julieta e a Sra. Capuleto dançando na ponta, gostei muito desse detalhe.

Agradecimentos ao Final do Espetáculo

A interpretação dos bailarinos é um capítulo a parte. Fica até difícil escolher a melhor passagem, pois todos, sem exceção, estavam maravilhosos! A única coisa que posso declarar a esse respeito é que fiquei emocionada de ver tamanha entrega por parte dos bailarinos. O conjunto da obra me fez mergulhar na história, tanto que até agora estou sem palavras para expressar a emoção que foi assistir a esse tão lindo espetáculo. Foi incrível!!!
Se eu recomendo? Sem sombra de dúvidas!!! Para quem não conseguiu ir, ano que vem vai ter mais Romeu e Julieta! Com certeza estarei lá novamente...
Pausa para foto!

Pose de Bailarina

Foi uma noite inesquecível, e ao final pude cumprimentar a Inês e a Marcela. É sempre um grande prazer poder estar com vocês, prestigiando o trabalho da companhia. Vida longa à SPCD!
 Eu e Inês Bogéa, diretora da SPCD

Eu e Marcela Benvegnu, 
Coordenadora de Educativo, Memória e Comunicação da SPCD

E fiquem ligados pois a temporada da SPCD no Teatro Sérgio Cardoso continua essa semana com a edição 2013 do Ateliê de Coreógrafos Brasileiros! A grande estreia da vez será a obra "Vadiando", da Ana Vitória Freire. Na última semana, eu pude conferir em primeira mão o ensaio desse novo espetáculo, além de ter participado de super um bate-papo com a coreógrafa e com Inês Bogéa, diretora da Companhia. Estou super ansiosa para compartilhar com vocês mais essa experiência, mas esse é o assunto da nossa próxima postagem!!!

Um grande beijo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário