Uma Resenha sobre "O Lago dos Cisnes"

No último final de semana o canal Arte1 exibiu o ballet "O Lago dos Cisnes", com montagem da Ópera de Viena de 1966. Foi um dos primeiros títulos disponibilizados no blog, que vocês podem ver aqui. Essas apresentações costumam passar no sábado à noite e são reprisadas no domingo à tarde pelo canal. Quando postei no face pra avisar o pessoal sobre a reprise, o Jhonas Guolo escreveu nos comentários a sua opinião sobre esse vídeo, e eu gostaria de compartilhar com vocês:

"Bom, eu normalmente já acho que produções feitas apenas para o vídeo perdem um pouco... Quando é gravada uma apresentação ao vivo, com público, em um teatro, acho que os bailarinos tem mais expressão, atuam melhor. Já que era para o vídeo, com a possibilidade de closes, não precisava daquela maquiagem. O Siegfried tava um "princeso".
Acho que para um papel protagônico, faltou flexibilidade pra odette/odile.
O pas de quatre dos pequenos cisnes tava meio "trockadero", uma das bailarinas não sincronizava com as outras e deixava de fazer cabeças.
Senti falta, no final do terceiro ato de ver o cisne branco passar voando desolado pela traição, fazendo assim o príncipe perceber que foi enganado... Não consegui captar o que o levou a perceber a armação do rothbarth e do cisne negro logo depois que o príncipe se compromete com ela.
Achei também exagerados os mega closes no mago quando ele aparecia.
No mais, gostei da técnica do bailarino, os figurinos e cenários estavam legais e foi a primeira vez que vi esse final, que achei interessante.
Vale à pena assistir, mas achei uma produção fraquinha..."

Você concorda com esse ponto de vista? Deixe sua opinião nos comentários!!!!

Comentários

  1. Bom dia Querida Julimel!

    Nunca comento no blog, mas hoje peço a palavra.

    "Acho que para um papel protagônico, faltou flexibilidade pra odette/odile."
    Na MINHA OPINIÃO, não faltou nada para que Margot Fonteyn fosse Odette/Odile... Prima Ballerina Assoluta, isso diz algo? Em 66 ela era uma das melhores. Ou agora colocar a perna na orelha é indicativo para esse posto? Não em 66, não para Obras do século XIX... Hoje em dia eu não duvido de nada.
    Acho esse post que considero muito explicativo:
    http://dospassosdabailarina.wordpress.com/2012/11/20/a-tal-da-perna-alta/

    Acho que muitas coisas dependem do gosto de cada um, mas esse detalhe de Margot Fonteyn não.

    Amodoro seu blog! Você é 10, 100, 1000!

    ResponderExcluir
  2. Eu ia comentar a mesma coisa que a Alyne comentou. Falar de falta de flexibilidade... ai ai ai. Que preguiça.

    Quanto a maquiagem, isso tem mais a ver com a época do que com vídeo. as maquiagens mais antigas costumam ser mais carregadas mesmo, assim como os tutus.

    ResponderExcluir

Postar um comentário