quarta-feira, 11 de setembro de 2013

SPCD, A História: Terceiro Capítulo

Ei pessoal...
Estão gostando dessa série diferente? Que tal seguirmos adiante?
O capítulo de hoje tem tudo a ver com a proposta do blog: a área de Memória da SPCD. E nós temos algo em comum, que é o desejo de compartilhar! Vamos conhecer melhor como funciona essa vertente?

Um Passeio pela História da Dança...
“A terceira vertente é a área de Memória. Há uma carência muito grande no que diz respeito a materiais e informações relacionadas à dança no Brasil, e foi justamente pensando nisso que a companhia criou uma série chamada “Figuras da Dança”. Com direção de Inês Bogéa, atualmente ela é formada por 21 documentários, sendo 4 lançamentos deste ano (2012): Lia Robatto, Ismael Ivo, Marilene Martins e Edson Claro. Através desses documentários nós conseguimos traçar um panorama e um mapa da dança no Brasil. As histórias acabam se cruzando, e é simplesmente incrível ver que um dialogou com o outro em tempos diferentes! Os documentários do primeiro ano (2008) falam um pouco da dança de São Paulo, nos dois anos seguintes (2009 e 2010) nós já abordamos mais Rio de Janeiro e Bahia, e é curioso ver como essas pessoas se conheceram em algum momento da vida: fizeram aulas juntas numa escola, dançaram na mesma companhia... Está tudo interligado!”.

A primeira vez que eu vi um desses documentários foi numa véspera de Natal na TV Cultura, no ano de 2008, que fala sobre a vida de Ady Addor. Mas até então eu nem sabia que existia a SPCD. Eu só fui tomar conhecimento disso mais tarde, porém eu não lembro ao certo se foi antes ou depois de criar o blog (eu acho que foi antes - a data de criação do blog é 19/12/2009).
Folheto "Figuras da Dança" - Temporada 2012

“O “Figuras de Dança” conta a história dessas personalidades em primeira pessoa, porque eles nos falam sobre sua trajetória. Isso é muito rico, pois nós conseguimos ouvir com mais clareza o que essa pessoa viveu e sentiu ao longo de sua vida. Todos os documentários são acompanhados de um livreto, que também estão disponíveis para download no formato pdf em nosso site. É só fazer o cadastro e pronto! Como há essa carência grande de materiais relacionados à Dança, essa também foi uma forma que nós encontramos para compartilhar com as pessoas. Esses livretos contém a história, dados biográficos e cronológicos da personalidade entrevistada”.

No site estão disponíveis para download tanto os folhetos do “Figuras da Dança” como do “Palestra para Educadores”. Vocês podem acessar através dos links:



“Esse material é distribuído gratuitamente em diversas instituições como bibliotecas públicas, universidades, centros culturais e ONGs, visando à disseminação dessa informação, e por isso mesmo nós não comercializamos. Nós acreditamos que é uma coisa pra ser dividida e não ficar guardada na estante de casa, onde você vai assistir aquele DVD uma única vez. A intensão é que cada vez mais pessoas tenham acesso a essa história, que é apenas uma pequena parcela da História da Dança no Brasil. Como eu já falei, atualmente nós temos 21 documentários (contando com os desse ano), e até o final de 2013 lançaremos mais quatro, totalizando 25. A tendência desse projeto é crescer, até porque são muitos nomes, muitas histórias pra contar, e não somente através dos DVDs, mas também dos gestos, das imagens, das palavras...”.

Conforme a previsão da Marcela, a temporada 2013 do Figuras da Dança já está em fase de produção, e os quatro nomes escolhidos para compor a série este ano são Hugo Travers, Eva Schul, J.C. Violla e Cecília Kerche. E como já foi dito, a tendência é de crescimento contínuo! Vamos aguardar as novidades do que ainda vem por aí...
Gravação da Temporada 2013 do Figuras da Dança

“Além de contar a história dessas personalidades, nós também nos preocupamos com a trajetória da companhia, por isso nós criamos a série “Canteiro de Obras”. Nós temos três DVDs lançados (2008, 2009 e 2010), onde em cada um deles nós fazemos uma retrospectiva, lembrando as obras que foram já foram montadas e também os processo de produção de todas as nossas atividades ao longo de cada ano. No final de 2012 nós lançaremos um novo título, dirigido pelo grande cineasta Evaldo Mocarzel, chamado de Ensaio sobre o Movimento. Ele acompanhou o processo de criação da primeira obra da SPCD, Polígono, e agora, quatro anos depois, ele volta para olhar e registrar a história da companhia. Nesse filme os bastidores são mostrados nas vozes dos seus próprios artistas, revelando ao público que amor é esse que nos move a trabalhar com a Dança. O Evaldo levou os bailarinos para filmar em vários pontos de São Paulo, com o intuito de mostrar a dança da nossa cidade”.

“O interessante desses documentários é que eles mostram com detalhes tudo o que se passa por trás das cortinas. A criação de cada espetáculo, a preparação do teatro para receber a companhia, nós precisamos fazer visitas para avaliar as obras que serão apresentadas naquele palco e o que cada estrutura tem a nos oferecer... Às vezes os técnicos precisam de vários dias para montar tudo! As pessoas nem sequer imaginam o que existe atrás de cada apresentação, e através do Canteiro de Obras nós podemos introduzir o expectador a todo esse universo”.
Ana Paula Camargo e Nielson Soares durante a gravação do Canteiro de Obras 2012


“Ainda nessa área de Memória, nós temos os livros, que são compostos por textos escritos por pessoas de diferentes áreas: as que estão envolvidas com Dança para escrever sobre ela, e as que não estão envolvidas, mas que foram motivadas pela companhia a compartilhar com as pessoas os seus pontos de vista sobre essa Dança. Em “Primeira Estação” (2008), por exemplo, a Lilia Moritz Schwarcz escreveu sobre a relação dos Ballets Russes, motivada por Les Noces (uma das primeiras obras da companhia). Já em “Sala de Ensaio” (2009), o Caco Galhardo passou uma semana aqui na companhia e ele traduziu o seu olhar sobre o nosso trabalho em forma de desenhos. No “Terceiro Sinal” (2010) a segunda parte tem grande ênfase em Vaslav Nijinsky, por conta da obra que nós remontamos e cuja primeira coreografia é de sua autoria: Prélude à l'après-midi d´un Faune (Prelúdio à Tarde de um Fauno em tradução literal), com música de Debussy. E o novo livro, também a ser lançado agora em 2012 (Em Cena), vai falar mais a fundo sobre os projetos da companhia, ressaltando a importância de todas as vertentes em que nós atuamos”.

Além de todo esse material, esse ano mais um livro será lançado! 
Olhem só o legado que a SPCD está construindo... E conforme foi dito pela Marcela no dia da entrevista, as ideias não param, a todo momento surge um projeto novo!

Um dia desses eu assisti uma entrevista com a bailarina Márcia Jaqueline, onde ela fala sobre o seu sonho de que a dança vença em nosso país e se torne reconhecida. Eu compartilho desse sonho, assim como muitos, e a SPCD está fazendo a sua parte! Em nome de todos os leitores do Vídeos de Ballet Clássico, eu quero agradecer por essa tão linda contribuição!!!! Vocês estão deixando a sua marca na história, e de coração, desejo que a companhia alce voos cada vez maiores. Vocês merecem!!!

E agora que tal darmos uma pausa?
Calma que a semana ainda não terminou... Amanhã tem mais!

*Entrevista com Marcela Benvegnu, Coordenadora de Educativo, Memória e Comunicação, realizada em 29/10/2012 na sede da SPCD, em São Paulo/SP

Nenhum comentário:

Postar um comentário