DVD "Coreografias de Balanchine I"

E aí pessoal, td blz???
Por aqui td bem... A mudança de servidor está indo de vento em popa! Estou fazendo devagar, e aos poucos conseguiremos concluir!!!! Até o momento nós temos 55 ballets no 4shared. Em breve posto mais notícias a respeito...
E vamos a nossa postagem de hoje? A verdade é uma só, eu sempre fico ansiosa pra trazer um vídeo novo pra vcs!!! E tenho certeza que muita gente vai gostar dessa série de dois posts, que vai nos mostrar um pouco do amplo universo criado pelo grande mestre das coreografias: George Balanchine.
Apesar de Balanchine ter criado um grande legado, somente uma pequena parcela de sua obra pode ser encontrada em DVD. Alguns títulos lançados em VHS, como a coleção "The Balanchine Celebration", nunca foram remasterizados. Talvez por isso haja dificuldade de se encontrar o registro de peças importantes da carreira do coreógrafo, como Serenade e Ballet Imperial.
E aproveitando que o tema de hoje são as obras do grande precursor do neoclassicismo, eu gostaria de compartilhar com vcs a minha mais recente matéria que saiu na nova edição da Capezio Magazine, que fala justamente sobre a vida e obra de Balanchine. As ilustrações são de Yoshi Suzuki, bailarino da São Paulo Cia. de Dança. Espero que gostem^^


Sobre o vídeo de hoje:
Originalmente, a série "Coreografias de Balanchine" foi produzida em quatro VHSs, gravadas entre os anos de 1977 e 1979. Quando esse material foi remasterizado, em cada DVD foram colocados o conteudo de duas VHS. Neste primeiro volume entramos em contato com 5 peças (duas delas aparecem na matéria da Capezio): Tzigane, Divertimento nº 15, Os Quatro Temperamentos, Jewels e Concerto para Violino de Stravinsky.

Sobre as obras:
Tzigane é uma peça de 9 minutos que mostra um grupo de ciganos dançando em uma noite de luar, ao som da música de Maurice Ravel.
O Divertimento nº 15, montado sobre a obra do genial Amadeus Mozart, é uma versão nova, ampliada e melhorada de Caracole, um antigo trabalho criado por Balanchine. No DVD aparece apenas o movimento "Andante", que é interpretado por oito bailarinos principais, sendo três homens e cinco mulheres. Na obra completa ainda dançam um conjunto de 8 bailarinas. Segundo informações extraída do site Balanchine Trust, o gênero "Divertimento" era muito popular na vida aristocrática do séc XVIII. E ele não tem uma estrutura fixa, o número de movimentos pode variar de um a doze, e ele pode ser interpretado por apenas um instrumento ou por uma orquestra completa.
A terceira obra apresentada é "Os Quatro Temperamentos", um pedido feito há algum tempo atrás aqui no blog. É uma peça de caráter experimental onde podemos observar melhor a proposta de trabalho de Balanchine, colocando em foco a dança como um todo, onde há o desenvolvimento de um tema sem a necessidade do uso de cenários ou figurinos. É justamente por seus intérpretes usarem collants e malhas de aula que as obras que seguem o mesmo estilo dessa são conhecidas como "Ballets em Preto e Branco".
Os Quatro Temperamentos é uma peça de 30 minutos montada sobre partitura de Paul Hindemith, e ela é composta por três temas e quatro variações que explora os humores que regem o temperamento humano, sendo cada um deles ligados aos quatro elementos da natureza:
Melancólico - Ar
Sanguíneo - Terra
Fleumático - Água
Colérico - Fogo

Jewels já é nossa velha conhecida... Aqui no blog está disponível a montagem completa pela Ópera de Paris aqui. Mas tiveram algumas curiosidades a respeito dessa obra que na época eu realmente desconhecia. Nessa magnífica peça, que como todos já sabem é dividida em três partes, Balanchine faz uma belíssima homenagem a três metodologias do Ballet.
De primeira já dá pra matar qual método as Esmeraldas representa. Os tutus românticos e as músicas suaves e melancólicas de Gabriel Fauré, extraída das obras Pelléas et Mélisande e Shylock, nos lembram da metodologia francesa, evocando um período no qual o ballet passou por um grande processo de evolução e desenvolvimento.
Já os Rubis representam a metodologia americana, desenvolvida pelo próprio Balanchine. Essa é realmente uma parte bastante diferenciada, com músicas inovadoras criadas por Igor Stravinsky, passos despojados e figurinos curtíssimos que dão um certo toque de sensualidade a obra.
Os Diamantes encerram a peça com chave de ouro homenageando a metodologia russa. Montada sobre a Sinfonia Polonesa de Tchaikovsky, essa parte nos faz lembrar do auge do Ballet Clássico na Rússia Imperial.
No DVD de hoje foram selecionados alguns trechos de "Esmeraldas" e o pas de deux de "Diamantes".
A última obra a ser comentada é Concerto para Violino de Stravinsky, que segue a mesma linha de "Os Quatro Temperamentos". E assim como aconteceu com o Divertimento nº 15, esta obra também foi criada a partir de um antigo trabalho de Balanchine: a coreografia "Balaustrade", de 1941. Sua intensão era reconstruir a obra original, mas ele não se lembrava do que havia feito anteriormente. Por isso três décadas depois ele decidiu fazer algo totalmente novo usando a mesma partitura.
Coreografias de Balanchine I
Companhia: New York City Ballet
Ano: 1977 (Partes 1 e 2)
Obras:
- Tzigane (1975)
Solistas:
Suzanne Farrell e Peter Martins

- Divertimento nº 15 - Movimento Andante (1956)
Solistas:
Merrill Ashley, Maria Calegari, Susan Pillarre, Stephanie Saland, Marjorie Spohn,
Tracy Bennet, Victor Castelli e Robert Weiss

- Os Quatro Temperamentos (1946)
Solistas:
Marjorie Spohn e Stephen Caras (Primeiro Tema)
Renee Estopinal e David Richardson (Segundo Tema)
Heather Watts e Kipling Houston (Terceiro Tema)
Bart Cook (Primeira Variação: Melancólico)
Merrill Ashley e Daniel Duell (Segunda Variação: Sanguíneo)
Adam Luders (Terceira Variação: Fleumático)
Colleen Neary (Quarta Variação: Colérico)

- Jewels (1967)
Solistas:
Esmeraldas
Merrill Ashley, Gerard Ebitz, Bonita Bourne, Daniel Duell,
Heather Watts, Karin von Aroldingen e Sean Lavery

Diamantes
Suzanne Farrell e Peter Martins

- Concerto para Violino de Stravinsky (1972)
Solistas:
Kay Mazzo, Karin von Aroldingen, Bart Cook e Peter Martins
Links:
https://1drv.ms/f/s!Ar6VXXHgq-Sqtmci9x62UUpYy3Cp

Formato do Vídeo: DVD

Aplicativos Úteis: Clique Aqui!

Bom, eu acabei atrasando um pouco, mas aqui está a postagem da semana!!!
E fiquem ligados pq a nossa viagem pelo universo Balanchine ainda não terminou...

Até a próxima!

Comentários

  1. *o* balanchine!! ♥
    tem serenade pra depois?

    Beijocas,
    Cyndi.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cindy, que bom te ver por aqui!
      Sabe que tenho loucura pra ver Serenade? Infelizmente essa obra não existe registrada em DVD... Se eu pelo menos achar alguma gravação oficial, que seja copiada da TV, eu trago pra cá... Mas por hr vou ficar devendo essa.

      Grande Bj!

      Excluir
    2. poooooooooxa, que pena, né?
      parece tão lindo! ^^

      Excluir
    3. Com certeza Cindy! Balanchine é maravilhoso, e creio que ele era tão fã de Tchaikovsky como eu! Serenada também é com música dele *-*

      Quem sabe consigo alguma gravação da TV né?

      Grande Bj!

      Excluir
  2. Olá!
    Eu fiz o download dos ficheiros referentes a este DVD mas, ao contrário de outros bailados em formato DVD, eles não estão divididos numa pasta de Audio e Video, pelo que não sei gravar para um disco para poder ver. Como faço?
    Obrigado pela atenção e pelo site fantástico :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi James, tudo bem?
      Obrigada por escrever!
      Alguns vídeos em formato de DVD ainda estão pelo método de fragmentação antigo, que necessita de dois programas para juntar os arquivos e formar o DVD. Para não se perder, faça dessa maneira:
      Primeiro baixe todos os arquivos disponíveis. O que estiver com extensão numérica você junta com o HJ-Split! (o único que não precisa juntar é o VTS_01_3), e o que estiver compactado, vc descompacta com Winrar.
      Coloque os arquivos unidos (tem cerca de 1 GB cada), os descompactados (são arquivos menores) e o VTS que não precisou juntar em uma pasta, e você pode gravá-la normalmente na mídia.

      Os DVDs que ainda estão por esse método são:
      Coreografias de Balanchine (I e II)
      Kirov Classics
      A Glória do Kirov
      A Glória do Bolshoi
      Ballet for Boys
      American Ballet Theatre NOW - Variety and Virtuosity
      O Retorno do Pássaro de Fogo
      Tchaikovsky Gala

      Em breve, todos estarão pelo mesmo método de fragmentação, inclusive os formatos ripados^^

      Fico muito contente que goste do blog!
      Um grande abraço!

      Excluir

Postar um comentário